O que causa candidíase?O que causa candidíase?

Mau hálito, sinusite, rinite e alergias, língua com pontos brancos, cansaço, baixa concentração, problemas digestivos, compulsão por doces ou sistema imunológico fraco.

Você sofre com algum desses problemas?

Esses são apenas alguns dos sinais que você pode ter candidíase. Os sintomas podem piorar em ambientes úmidos, mofados ou após o consumo de alimentos ricos em açúcar.

Continue lendo o artigo se você quer saber um pouco mais sobre esse fungo teimoso, que pode causar muito mais do que apenas coceira e atrapalha a vida de muita gente.

O Que é Candidíase?

A candidíase é o tipo mais comum de infecção por fungos, causado pelo crescimento descontrolado do fungo Candida Albicans.

Até 80% das pessoas possuem a Candida no organismo, sem apresentar qualquer tipo de sintoma, porém, diversos fatores levam ao seu crescimento excessivo e a transformam em uma verdadeira vilã da saúde.

Em níveis adequados, a Candida auxilia na absorção de nutrientes e na digestão, por outro lado, em excesso, pode levar a inúmeros e variados problemas, que vão desde o mau hálito até a artrite.

Essa é uma das razões da candidíase ser frequentemente ignorada, não diagnosticada ou muitas vezes tratada com medicamentos que só pioram o quadro.

E fique atenta, pois esse fungo não está apenas na região genital. Ele pode migrar para a boca, orelhas, unhas ou até mesmo o trato gastrointestinal, levando a problemas ainda maiores.

Mas como você pode identificar se a candidíase está tomando conta do seu corpo? Calma lá que eu já vou te explicar.

Tipos de candidíase

Candidíase genital

Esse tipo de candidíase ocorre quando há o supercrescimento da levedura nos órgão genitais. Ela pode afetar homens e mulheres, porém é relativamente comum no sexo feminino.

Para você ter noção, quase 75% de todas as mulheres tiveram ou terão pelo menos uma infecção por Candida Albicans em sua vida.

Quais são os sintomas?

Nas mulheres: comichão, dor e vermelhidão na vagina, corrimento branco e relações sexuais dolorosas.

Nos homens: erupções cutâneas com coceira, vermelhidão, ardência na cabeça do pênis e dor nas relações sexuais.

Candidíase oral
Manchas brancas na língua é um dos sintomas da candidíase oral – O que causa candidíase?

Candidíase oral

A infecção por fungos na boca geralmente ocorre em bebês (não oferece riscos), ou em pessoas com o sistema imunológico debilitado, como pacientes com AIDS, diabetes ou usuários de drogas.

A candidíase na boca é conhecida por “sapinho”, provavelmente você já teve alguma vez na vida não é mesmo?

Quais são os sintomas?

Manchas brancas na boca, na língua e às vezes no céu da boca. Também pode ocorrer vermelhidão ou desconforto, dor de garganta e dificuldade para engolir.

Candidíase na pele

A candidíase na pele é um problema muito comum, que normalmente ocorre em áreas onde duas partes da pele se encostam, como por exemplo, debaixo das mamas, axilas, nas dobras cutâneas da virilha, nas regiões entre os dedos ou no interior da coxa.

Essas dobras são susceptíveis aos fungos, pois são regiões quentes e úmidas, o que favorece a proliferação da candidíase.

Quais são os sintomas? 

Vermelhidão, erupções, descamação e coceira, que podem liberar um líquido transparente.

Candidíase intestinal

Essa é uma das formas mais sérias da candidíase, pois afeta todo o organismo, já que o intestino é um órgão vital, responsável por absorver nutrientes e regular o sistema imunológico.

Do intestino o fungo pode migrar para outras regiões do corpo, como a boca, órgãos genitais e pele.

A candidíase intestinal é uma das mais difíceis de tratar e pode causar outros problemas de saúde, inclusive a candidíase invasiva que vou falar mais a seguir.

Quais são os sintomas?

Entre seus inúmeros sintomas, vou citar os mais comuns: Irritabilidade, acne e problemas de pele, ansiedade, falta de energia, dificuldade em acordar, dores de cabeça, musculares e abdominais, mudanças no humor, candidíase em outras regiões do corpo e problemas gastrointestinais.

Candidíase invasiva

A candidíase invasiva é uma infecção grave que pode afetar o sangue, coração, cérebro, olhos, fígado, sistema nervoso central e outras partes do corpo.

As pessoas que desenvolvem candidíase invasiva geralmente estão doentes, hospitalizadas e com o sistema imune severamente debilitado, por isso pode ser difícil identificar seus sintomas.

Quais são os possíveis sintomas?

Seus sintomas variam dependendo a localização do fungo. No entanto, os mais comuns são febre e calafrios que não melhoram após o tratamento com antibióticos.

O que causa candidíase?

Muitos fatores contribuem para o supercrescimento da Candida, incluindo uma dieta rica em açúcar, carboidrato refinado, álcool e outras condições que ajudam o fungo a fermentar e se multiplicar.

Para explicar melhor o que causa candidíase, explicarei cada um dos possíveis fatores de forma separada.

Uso de antibióticos

Sim, às vezes os antibióticos são necessários para combater bactérias ofensivas ao organismo. Porém, hoje em dia qualquer dor de garganta, tosse ou gripe é motivo para os médicos prescreverem desnecessariamente esse medicamento.

Os antibióticos são como bombas dentro do organismo, eles não matam apenas o patógeno, mas também as bactérias benéficas do organismo, que mantém o equilíbrio da flora intestinal e a sua saúde em dia.

Se o seu caso for grave e não restar outra opção, converse com o seu médico sobre a possibilidade de tomar probióticos simultaneamente. Eles evitarão o proliferamente da candidíase.

Diabetes

Diabéticos do tipo 1 ou tipo 2 apresentam altos níveis de açúcar na boca e em outras membranas mucosas. Como a Candida é um tipo de fermento que se alimenta de açúcar, é compreensível que aqueles com diabetes tenham um risco maior de desenvolver candidíase.

Açúcar no café
O açúcar é um dos alimentos mais consumidos pelos brasileiros e uma das principais causas da candidíase – O que causa candidíase?

Dieta rica em açúcar

A causa da sua candidíase pode estar no seu prato. Os fungos adoram açúcar, são praticamente formiguinhas que se alimentam e se multiplicam quando a sua alimentação é baseada em açúcar refinado. (1)

Gosto de chamar a candidíase de fungo “teimoso”, porque dependendo do tipo, é muito complexo eliminá-la, já que exige muitas restrições e mudanças na dieta.

Sistema imunológico debilitado

Passou a gripe lá na esquina e você já está espirrando? Então trate já de começar a comer legumes, vegetais e se possível, suplemente vitamina C.

Um sistema imunológico enfraquecido é como uma porta aberta para a candidíase. Ela se manifesta principalmente em pessoas que estão com as defesas do organismo debilitadas: bebês, crianças pequenas, idosos, pessoas com diagnóstico de HIV / AIDS (2) e outras condições inflamatórias e autoimunes.

Uso de Corticoides Orais

Pessoas que tratam asma com inaladores de corticoides estão em maior risco de desenvolver candidíase (3). Isso acontece porque esse tipo de medicamento enfraquece o sistema imune e também as defesas da boca.

Quem utiliza esse medicamento muitas vezes ignora as instruções, como baixar a boca após cada uso. Se a candidíase oral for diagnosticada, faça gargarejo com óleo de coco e 1 a 2 gotas de óleo essencial de cravo.

Tratamento contra o Câncer

De acordo com o Departamento de Pesquisa Clínica da Merck Research Laboratories, a candidíase pode se tornar invasiva em pacientes com câncer. (4)

A quimioterapia e radiação podem tanto matar as células cancerígenas e os tumores, como também podem destruir as bactérias saudáveis que combatem a cândida.

Além disso, quem está passando por esse difícil tratamento sofre com um sistema imunológico debilitado.

 

O que causa candidíase? Creio que essa pergunta você já sabe responder.

Parar de estimular o crescimento desse fungo teimoso é o primeiro passo para se ver livre da candidíase.

Caso tenha alguma dúvida escreva nos comentários, ficarei grata em poder te ajudar.

Espero que tenha gostado do artigo!

Referências

CDC
Candidiase.com
NCBI
DrAxe
AuthorityNutrition