Você sabe o que são alimentos orgânicos e porque as pessoas estão dispostas a pagar mais caro por eles?

Sabemos que para ter saúde é necessário cuidar da alimentação e que esta alimentação deve ser rica em frutas, verduras e legumes.

Entretanto, com tantos produtos químicos sendo utilizados para o cultivo, como saber se estamos realmente consumindo algo natural?

Continue lendo nosso artigo para saber mais sobre o assunto. Nele você vai aprender:

  • O Perigo dos Agrotóxicos
  • Os Agrotóxicos não estão só no que é Plantado
  • O que são Alimentos Orgânicos?
  • Os Benefícios dos Alimentos Orgânicos
  • Produção de Orgânicos no Brasil
  • Selo de Garantia
  • Como Retirar os Agrotóxicos dos Alimentos

Não deixe de ler mais sobre o tema nestes artigos:
 10 Motivos para você consumir Produtos Orgânicos
 Alimentos Transgênicos: O Veneno que Você Consome Todos os Dias
 7 Razões para você evitar os Alimentos Transgênicos

O Perigo dos Agrotóxicos

Você se preocupa com a sua saúde e a de seus familiares que se alimentam com produtos não orgânicos? Pois deveria. Existem evidências assustadoras sobre os problemas que os agrotóxicos causam à saúde.

Em 2011, o programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos de Alimentos, da Anvisa, revelou o percentual de alimentos com teores de agrotóxicos acima do permitido, inadequados para consumo.

Alimentos com agrotóxicos proibidos

Vários alimentos continham agrotóxicos não autorizados para o tipo de alimento, ou que eram proibidos pela Anvisa. Foram analisadas 2.488 amostras de 18 tipos de alimentos em 25 estados brasileiros.

Nas últimas décadas, a produção de alimentos cresceu astronomicamente, porém a qualidade caiu nas mesmas proporções.

Se você for comer uma fruta, pode ser que ingira mais de 25 produtos químicos junto com ela.

Esses produtos químicos foram desenvolvidos com a intenção de ajudar os agricultores a terem maiores lucros, aumentar a vida útil dos vegetais, manter animais e insetos longes das plantações e evitar o crescimento de fungos.

Porém os efeitos colaterais que esses produtos causam a saúde são terríveis.

O fato é que o consumo de agrotóxicos está relacionado com o câncer, doenças neurológicas, infertilidade, alergias, TDAH e mais um monte de doenças degenerativas.

No Brasil, a situação é ainda pior, pois muitos dos agrotóxicos que são utilizados em larga escala por aqui foram proibidos em diversos países, inclusive os subdesenvolvidos, onde a corrupção também impera.

O agronegócio se tornou um monstro faminto por dinheiro e esqueceu da saúde da população. Eles abriram mão do real significado dos alimentos: nutrir e prevenir doenças.

Essa talvez seja a principal causa do aumento do consumo de orgânicos nos últimos anos, porém a saúde é apenas um dos muitos motivos que nós vamos te dar para você parar de consumir agrotóxicos.

Os Agrotóxicos não estão só no que é plantado

A contaminação não está só nas frutas, grãos e vegetais, mas também nas carnes. Resíduos de pesticidas são encontrados em todos os tipos de carnes de animais alimentados com vegetais não-orgânicos.

A organização americana Environmental Working Group estima que são utilizados 75 milhões de litros por ano de pesticidas para o cultivo de grãos e vegetais que irão alimentar animais nos Estados Unidos.

Os resíduos de glifosato, pesticida mais utilizado no mundo, podem ser até 100 vezes mais altos na alimentação de animais do que na alimentação humana.

Essas substâncias químicas são armazenadas nos tecidos e gordura do animal, se acumulando com o tempo.

Um hambúrguer pode conter níveis mais altos de agrotóxicos do que os vegetais, isso sem contar os níveis alarmantes de antibióticos e hormônios de crescimento presentes nas carnes.

Alguns números sobre agrotóxicos no Brasil

O que são Alimentos Orgânicos?

Os alimentos orgânicos são aqueles que utilizam em seu processo de produção técnicas que respeitam o meio ambiente e visam a qualidade do alimento.

Os produtos orgânicos não são somente “sem agrotóxicos” como é falado normalmente.

Eles também são isentos de insumos artificiais, como adubos químicos (que resultam em uma infinidade de subprodutos como, nitratos e metais pesados), de drogas veterinárias, hormônios, antibióticos e de transgênicos.

Durante o processamento dos alimentos é proibido o uso de radiações ionizantes (que produzem substancias cancerígenas) e aditivos químicos sintéticos, como corantes, aromatizantes, emulsificantes, entre outros.

Os alimentos orgânicos não prejudicam o solo, o meio ambiente e nem a sua saúde, chegando na sua mesa mais nutritivos e saborosos.

Claro que esses alimentos são um pouco mais caros do que os convencionais, porém esse investimento compensa o risco de desenvolver doenças devastadoras, como o câncer, que pode ter um tratamento muito mais caro do que uma vida inteira comendo alimentos orgânicos.

Com o passar do tempo, a tendência é que os orgânicos se tornem cada vez mais baratos, pois através da crescente demanda desses produtos, os agricultores conseguem diminuir o custo da produção e vende-los a preços cada mais acessíveis.

Os Benéficos dos Alimentos Orgânicos

  • Desintoxicam o Organismo: Desintoxica o corpo da sobrecarga de toxinas acumuladas ao longo dos anos através do consumo de contaminantes presentes na água, nos plásticos e nos alimentos industrializados;
  • Protegem as Futuras Gerações: A intensa utilização de produtos químicos na agricultura tradicional afeta o ar, o solo, a água, os animais e as pessoas. Já a plantação orgânica presa pela vida dos consumidores e do planeta;
  • São mais Nutritivos: Adubos naturais deixam os solos ricos e balanceados, produzindo alimentos com maior valor nutricional;
  • São mais Saborosos: Por concentrarem menos água e aditivos em sua composição, o sabor e o aroma dos alimentos orgânicos são mais intensos e saborosos do que os tradicionais;
  • Evitam Problemas de Saúde: Causados pela ingestão de substâncias tóxicas, como agrotóxicos, hormônios, sementes geneticamente modificadas, antibióticos e metais pesados que estão presentes nos alimentos convencionais;
  • Protegem a Biodiversidade: Os alimentos orgânicos protegem a vida do planeta, os animais, e os vegetais. Animais selvagens dependem de plantas, rios e lagos para sobreviverem, os agrotóxicos poluem seus lares;
  • Evitam a Erosão do Solo: Através das técnicas orgânicas tais como rotação de culturas, plantio consorciado e compostagem o solo se mantém fértil e permanece produtivo ano após ano.
  • São Livres de Antibióticos: As carnes não-orgânicas estão lotadas de antibióticos, que promovem o aumento da resistência de bactérias, gerando superbactérias. Quando as bactérias conseguem resistir aos antibióticos elas se tornam fatais;
  • São Contra o Sofrimento Animal: Os animais de criação orgânica são em sua maioria criados soltos, evitando o estresse do aprisionamento em pequenos espaços e do sofrimento por maus tratos e tortura como acontece com animais de produção;
  • São Livres de Transgênicos: Os transgênicos expõem nossa biodiversidade a sérios riscos, aumentam a utilização de agrotóxicos e trazem diversos problemas à saúde, como o aumento de alergias, câncer, doenças degenerativas e a resistência de bactérias aos antibióticos.

Produção de Orgânicos no Brasil

Atualmente o Brasil é o quinto maior produtor de orgânicos do mundo, com 940 mil hectares plantados.

Uma quantidade mínima se comparada a área dedicada para plantações convencionais, que ocupa cerca de 240 milhões de hectares.

Porém a agricultura orgânica Brasileira é a que mais evolui no mundo, com 30% de crescimento ao ano desde 2011 e um faturamento de R$ 2,5 bilhões em 2015.

Área total de plantações orgânicas no mundo

O selo de Garantia

A produção e a comercialização de alimentos orgânicos no Brasil foram aprovadas em 2003 e regulamentadas em 2007.

De acordo com a legislação, para ter o nome “orgânico” no rotulo o mesmo deve conter no máximo 5% de ingredientes não orgânicos.

Os produtos orgânicos trazem na embalagem o selo “Orgânico” do Ministério da Agricultura.

É a garantia ao consumidor de que o produto é fiscalizado por empresas certificadoras, que controlam a produção para garantir que o produto seja realmente orgânico.

selo de alimentos orgânicos

Sempre procure o selo nas embalagens e certifique-se de que é um produto fiscalizado pelo ministério da agricultura. Sem esse selo não tem como ter a garantia de que o que você está consumindo é realmente orgânico.

Como Retirar os Agrotóxicos dos Alimentos?

Existem formas de diminuir a quantidade de agrotóxicos presentes nos alimentos que não são orgânicos.

Isso não elimina 100% o problema, mas é uma ótima opção para quem não tem condições de comprar alimentos orgânicos.

Em uma farmácia, compre uma seringa de 5 ml e um vidrinho de tintura de iodo a 2%.

Pegue um recipiente e coloque água suficiente para cobrir os alimentos que você deseja lavar.

Usando a seringa, adicione 5 ml de tintura de iodo para cada litro de água.

Lave os vegetais, frutas e legumes e coloque-os na tigela com tintura de iodo.

Tampe o recipiente com uma toalha, de forma que não fique exposto a luz, pois o iodo pode oxidar.

Deixe os alimentos de molho durante uma hora.

Passado esse tempo, retire os alimentos do recipiente e lave-os novamente.

A água que sobrou deve ser descartada, pois todo o agrotóxico ficou nela.

Os alimentos estão prontos para consumo, sem cheiro, sem diferença na coloração e livres da maior parte dos agrotóxicos que nos envenenam e são a causa de várias doenças.

Para saber mais sobre a receita assista o vídeo abaixo.

Gostou do nosso artigo? Deixe seu comentário ou suas dúvidas.

 

Fontes
Livro: Segredos para uma vida longa – Dr. Victor Sorrentino
Filme – O veneno está na mesa
Filme – O veneno está na mesa 2
Dossiê Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva)
http://www.organicsnet.com.br/consumo-responsavel/10-motivos-para-consumir-organicos/
http://www.idec.org.br/em-acao/noticia-consumidor/brasileiro-consome-em-media-7-5-litros-de-veneno-por-ano-em-consequencia-da-utilizaco-de-agrotoxicos
http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/noticia/2006-04-20/metade-dos-agrotoxicos-aplicados-nao-atinge-alvo-diz-pesquisador-da-embrapa
http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/zoonoses_intoxicacoes/Intoxicacao_por_Agrotoxicos.pdf
www.agricultura.gov
https://www.thebalance.com/reasons-to-buy-organic-food-2538039
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4378521/